DumDum Tabard

Insectopedia

Information on insects

Traça dos alimentos - Plodia interpunctella

  • Descrição

    A traça-indiana-da-farinha (Plodia interpunctella), também conhecida popularmente como traça-dos-cereais, é um inseto lepidóptero, originário da Europa e que atualmente se encontra espalhado por todo o mundo. As suas larvas alimentam-se de grãos e produtos derivados, tais como frutos secos, sementes, bolachas, nozes, leite em pó, chocolates, arranjos de flores secas, etc.

    Especiarias, sementes para aves e comida para cão que contenha carne e cereais são outras fontes de alimento para esta espécie. A teia (semelhante a uma teia de aranha) em recipientes de alimentos secos, como os mencionados acima, significa a presença de uma infestação. O inseto adulto mede cerca de 16 a 20 mm e tem dois terços da parte inferior das asas em cor bronze e o restante cinza amarelado. A larva é esbranquiçada com a cabeça castanha e pode alcançar 12 mm.

  • Ciclo de vida

    A traça dos alimentos fêmea pode produzir entre 60 a 400 ovos numa área com alimentos. Os ovos são normalmente inferiores a 0,5 mm e não são pegajosos. Após um intervalo de tempo que pode ir de 2 dias a 2 semanas, os ovos eclodem e transformam-se em larvas brancas com a cabeça castanha. Finalmente, a traça passa à fase adulta, transformando-se num inseto com asas, com 8 a 10 mm de largura e 16 a 20 mm de comprimento.

Calendario

  • Saiba mais!

    A traça reproduz-se em casa, ao longo do ano, onde a temperatura ambiente estável favorece o seu desenvolvimento. A fêmea geralmente começa a pôr os ovos cerca de 3 dias após tornar-se adulta e pode colocar entre 200 a 400 ovos durante um período de 1 a 18 dias. Assim que nascem, as larvas começam a dispersar rapidamente e em poucas horas atacam os alimentos e rações para animais, produzindo uma teia de seda e excrementos secos, em forma de funil, para sua proteção. Têm uma alta capacidade de infestação muito rápida e podem tirar partido de uma diversidade de alimentos muito comuns nos armários de casa, como arroz, massa, farinha, bolachas, entre outros. Além disso, as traças conseguem entrar em locais muito bem selados tais como sacos lacrados e recipientes selados (tipo Tupperware).

  • Conselhos práticos

    Examine os alimentos tais como farinha, cereais ou frutas com frequência.

    Compre alimentos secos para uma só utilização, para evitar armazenamento a longo prazo.

    Utilize recipientes de comida à prova de insetos. Guarde alguns alimentos sensíveis às traças no frigorífico ou congelador.

    Utilize primeiro os alimentos que tem armazenados há mais tempo.

    Elimine as fontes de alimentos suspeitos de estarem infetados, como grãos (cereais, pão, arroz, entre outros), especiarias, fritas secas como passas e ameixas e qualquer outro alimento que não esteja guardado num recipiente hermeticamente fechado.

    Uma vez que a praga é muito difícil de remover, elimine qualquer alimento suspeito.

Tags: