DumDum Tabard

 

Descrição

Formigas (Formicidae) são uma família de insectos sociais que, como as vespas e as abelhas, pertencem à ordem Hymenoptera. Elas são um dos grupos da zoologia com mais sucesso. Actualmente mais de 12.000 espécies estão classificadas e estima-se que existem mais de 14.000 espécies. Elas são facilmente identificadas pelas suas antenas angulares e pela sua estrutura em três secções com uma cintura estreita.

Ciclo de Vida

As formigas desenvolvem-se através de uma metamorfose completa, passando pelos estágios de ovo, larva e pupa (neste estado, algumas envolvem-se num casulo e outras não) e finalmente adulto. Na fase de larva, uma formiga é completamente indefesa, uma vez que não tem membros e por isso precisam de ser cuidadas por outras formigas adultas. A diferença entre rainhas e trabalhadores e entre as várias castas de trabalhadores, quando existem, é determinada pelo alimento recebido durante a fase larval. Tanto as larvas como as pupas precisam de manter uma temperatura e humidade que garanta um crescimento adequado. Consequentemente, as formigas movem-nas com frequência entre as várias câmaras de berçário na colônia, procurando pelas melhores condições. As colônias de formigas vivem em ninhos. Muitas espécies preferem fazer ninhos no solo, outras na madeira como troncos velhos de árvores, postes ou edifícios. Esses ninhos protegem-as dos seus inimigos e permitem-lhes armazenar alimentos e outros recursos para enfrentar variações climáticas.

Saiba mais!

As formigas mantêm uma estrutura complexa e formam colónias que consistem principalmente de fêmeas ápteras (sem asas) e estéreis que formam as castas dos «trabalhadores», «soldados» e outros grupos especializados. As colônias de formigas também têm alguns machos férteis e uma ou mais fêmeas férteis chamadas «rainhas». Cada classe realiza uma função específica. Dentro da sua hierárquia, existem duas castas principais: os reprodutores, como as rainhas, produzem os ovos; os trabalhadores, por sua vez, trazem o alimento, cuidam da rainha e defendem a colónia. É um tipo de especialização semelhante à nossa divisão de trabalho para garantir a sobrevivência. Elas são tão socializadas que até comem em grupos: num processo chamado de profilaxia, as formigas trocam alimentos de boca em boca. Assim, os trabalhadores dão proteína e água às larvas, que por sua vez, transformam isso em hidratos de carbono, regurgitando para os adultos comerem. Isto é possível graças a um complexo sistema de comunicação que lhes permite realizar todas as actividades envolvidas na construção do formigueiro, procurar por alimentos, defender a colónia e cuidar dos mais jovens.

Sabia que...?

  • As formigas florescem na maioria dos ecossistemas e calcula-se que elas podem corresponder a 15-25 por cento da biomassa animal terrestre.
  • As sociedades de formigas têm a característica da divisão do trabalho, comunicação entre indivíduos e a capacidade de resolver problemas complexos.
  • Muitas culturas humanas utilizam formigas como alimento, medicamento ou em rituais.
  • Um novo trabalhador passa os primeiros dias da sua vida adulta a cuidar da rainha e das larvas. Posteriormente, é promovido para fazer escavações e tarefas de manutenção do formigueiro, mais tarde,  para defender o formigueiro e juntar alimentos.
  • As rainhas podem viver até 30 anos, enquanto os trabalhadores vivem entre 1 e 3 anos. Os machos, por outro lado, vivem apenas por algumas semanas.
  • Todas as colónias de formigas contêm uma ou mais rainhas (fêmeas férteis que produzem ovos) e trabalhadores estéreis (também fêmeas).
  • A maioria das formigas deixa um trilho de feromônios segregados pelas glândulas nos seus abdômens, que pode ser seguido por outras formigas.
  • Apenas as fêmeas nascem de ovos fertilizados (as fêmeas são geralmente inférteis, as rainhas só nascem se houver abundância de alimentos). Os machos nascem sempre de ovos não-fertilizados.
  • As formigas tornam-se agressivas em temperaturas mais elevadas.
  • As formigas não conseguem vêr o vermelho.
Conselhos práticos
 
  • Limpe os restos de alimentos ou bebidas derramadas. Uma migalha pequena é suficiente para atrair dezenas de formigas para sua casa.
  • Mantenha os alimentos embalados em recipientes hermeticamente fechados.
  • Armazene os óleos vegetais e margarinas no frigorífico.
  • Guarde os alimentos cuidadosamente. As formigas conseguem passar por entre uma tampa de enroscar de uma garrafa. Elas conseguem entrar facilmente numa garrafa ou jarra que não tenha nenhuma vedação de borracha.
  • Seque as banheiras e lavatórios após usá-los.
  • Lave recipientes de vidro, metal, plástico ou papel antes de colocá-los no lixo ou em contentores de reciclagem.
  • Limpe todas as superfícies da cozinha e deve varrer e aspirar com frequência.
  • Se tem animais de estimação, certifique-se de limpar todos os alimentos que possam ter caído da tigela do animal de estimação.
  • Preste atenção ao estado geral de reparação da casa: tape as fissuras na parte inferior das paredes e à volta das janelas e garanta que estejam fechadas correctamente.

 

Calendário