DumDum Tabard

 

Descrição

Mosquito é um termo genérico usado para designar várias famílias de insectos pertencentes à ordem Diptera e em particular, à subordem Nematocera, embora, estritamente falando, refere-se apenas aos membros da família Culicidae. Na verdade, existem 39 géneros de mosquitos e 135 subgéneros no total, com mais de 3.200 espécies conhecidas. Eles são insectos voadores com corpos magros e pernas longas. Os adultos raramente têm mais de 15 mm de comprimento. As larvas e pupas crescem na água.

Ciclo de Vida

Os mosquitos passam por quatro estágios no seu ciclo de vida: ovo, larva, ninfa ou pupa e adulto. As fêmeas depositam os seus ovos (cerca de 300 ovos de uma só vez em algumas espécies) em qualquer lugar onde a água permanece estagnada há pelo menos uma semana e as larvas nascem e crescem ali, na água. Depois de alguns dias tornam-se ninfas que posteriormente abrem e um mosquito adulto emerge. Só então é que o insecto deixa a água. Algumas espécies de mosquitos têm ciclos de vida em que dificilmente chegam a viver sete dias, enquanto outros podem viver até um mês.

Saiba mais!

Os Mosquitos causam normalmente dois problemas. Em primeiro lugar, as suas picadas, que são muito irritantes. Em segundo lugar, eles podem ser transmissores de várias doenças. No entanto, apenas as fêmeas causam estes problemas porque apenas estas picam: têm de sugar o sangue de mamíferos para obter as proteínas necessárias para o desenvolvimento dos ovos. Sem sangue, os ovos não poderiam desenvolver-se, uma vez que os mosquitos apenas se alimentam de néctar, seiva de árvores e sumos de frutas, que geralmente têm baixo teor de proteínas. O efeito irritante das picadas do mosquito é o resultado de uma reacção alérgica desencadeada em mamíferos pela perfuração da pele pela probóscide do mosquito (um órgão do tipo estilete utilizado para perfurar a pele e que lhes permite inserir dois tubos para injectar saliva e sugar o sangue). Antes de sugar o nosso sangue, o mosquito segrega uma substância que impede a coagulação do sangue. Esta substância é um poderoso anticoagulante e é também a causa da comichão. Os mosquitos foram sempre transmissores de doenças infecciosas: eles podem transmitir doenças por causa do seu hábito de picar indivíduos diferentes um após o outro. O mosquito Anopheles é conhecido como um transmissor da malária humana (uma das principais causas de doenças debilitantes, com mais de 200 milhões de casos por ano em todo o mundo).

Sabia que ...?

  • Os mosquitos fêmeas podem viver cerca de três semanas durante o verão e durante vários meses durante o inverno.
  • Todos os mosquitos precisam de água para completar seu ciclo de vida.
  • Os mosquitos podem voar a velocidades entre 1,6 e 2,4 km/h.
  • O peso da fêmea adulta é de cerca de 2 mg.
  • Só o sexo feminino suga o sangue. Elas precisam de sangue para desenvolver os seus ovos. No entanto, elas também se alimentam de néctar e sumos, como os machos.
  • Os mosquitos batem as suas asas entre 300 e 600 vezes por segundo.
  • Os mosquitos podem detectar o CO2 que expiramos a partir de distâncias entre 18 e 30 m.
  • Os mosquitos fêmea geralmente levam cerca de 50 segundos para perfurar a pele de mamíferos e inserir os tubo e geralmente levam cerca de 2,5 minutos a sugar o sangue.
  • Há mais de 3.200 espécies de mosquitos.
  • Os mosquitos podem viver durante várias semanas ou meses, dependendo das condições ambientais.
  • A maioria dos mosquitos permanece dentro de 1,5 km do local onde nasceram, embora algumas espécies possam afastar-se mais de 30 km.
  • Quando as fêmeas picam, elas injectam saliva debaixo da pele. Esta saliva contém proteínas que podem causar reacções alérgicas.
  • Os mosquitos podem ser encontrados em todos os continentes, excepto na Antártida.
  • O habitat natural dos mosquitos é perto da água. Contudo, eles são muito adaptáveis e podem ser encontrados em diversos locais, incluindo cidades.
  • Os Mosquitos de cidade são capazes de se reproduzir durante todo o ano no subsolo, onde há humidade e calor.
  • A luz suave atrai os mosquitos mas eles não gostam de luz solar (é por isso que há menos mosquitos durante o dia).
Conselhos prácticos
  • Não use roupas de cores claras ou perfume porque ambos atraem os insectos.
  • Utilize barreiras físicas tais como redes de mosquito, em locais com risco elevado de mosquitos.
  • Evite a iluminação suave porque esta atrai mosquitos.
  • Remova qualquer água parada em recipientes, latas, objectos abandonados, canos ... Estes fornecem ambientes perfeitos para a proliferação de mosquitos.

 

Calendário